Home

Remédios Suplementos e Vitaminas Vitamed  Vacinas  Para Alérgicos


Faça sua busca aqui !
Clinaire






ABCdoPRECO

PRODUTOS

Bula do Afrin Oftalmico Frasco com 20 Ml


Dica de compra

AFRIN OFTÁLMICO
A+ A- Alterar tamanho da letra
AFRIN* OFTÁLMICO
Cloridrato de Oximetazolina

- FORMAS FARMACÊUTICAS/APRESENTAÇÃO

Frasco com 20 ml.
Uso ADULTO e PEDIÁTRICO
APENAS PARA USO OFTÁLMICO
Cada ml de AFRIN Solução Oftálmica contém 0,25 mg (0,025%) de cloridrato de oximetazolina em uma solução aquosa isotônica estéril e cristalina de cloreto de sódio, edetato dissódico e ácido bórico, com cloreto de benzalcônio como conservante. O pH é ajustado a 6,4 ± 0,1 com hidróxido de sódio.

- INFORMAÇÃO AO PACIENTE

AFRIN Oftálmico está indicado para o alívio sintomático de hiperemia e do edema conjuntival em inflamações oculares superficiais, como as causadas por conjuntivite alérgica aguda e conjuntivite não-infecciosa.
A duração da ação é de aproximadamente 6 horas. A duração do tratamento é geralmente de 7 a 10 dias.
O tratamento deverá ser continuado até que os sintomas desapareçam. Entretanto, se a irritação persister, o diagnóstico deverá ser revisto.
Manter em temperatura entre 2° e 30C em local seco e fresco.
O prazo de validade de AFRIN Oftálmico é de 36 meses e encontra-se gravado na embalagem externa; em caso de vencimento, inutilize o produto.
Informe seu médico a ocorrência de gravidez na vigência do tratamento ou após o seu término. Informe ao médico se está amamentando.
Não permita que a ponta do frasco toque a superfície do olho ou qualquer outra superfície. O uso do mesmo frasco por mais de uma pessoa pode propagar infecção . Siga a orientação do seu médico, respeitando sempre os horários, as doses e a duração do tratamento.
Não interrompa o tratamento sem o conhecimento do seu médico.
A seguraça e eficácia de AFRIN Oftálmico em crianças abaixo de 6 anos ainda não foi estabelecida, ficando o seu uso a critério médico.
Informe seu médico o aparecimento de reações desagradáveis, como irritação ocular e retração palpebral.
TODO MEDICAMENTO DEVE SER MANTIDO FORA DO ALCANCE DA S CRIANÇAS.
AFRIN Oftálmico está contra-indicado em pacientes com alergias a qualquer um de seus componentes e nos pacientes com glaucoma não tratado.
Recomenda-se a remoção de lentes de contato antes da administração do produto.
Informe seu médico sobre qualquer medicamento que esteja usando, antes do início, ou durante o tratamento.
NÃO TOME REMÉDIO SEM O CONHECIMENTO DO SEU MÉDICO. PODE SER PERIGOSO PARA A SUA SAÚDE.

- INFORMAÇÃO TÉCNICA

O cloridrato de oximetazolina produz vasoconstricção dos vasos conjuntivais superficiais. A duração de ação é de até 6 horas.

- INDICAÇÕES

AFRIN Oftálmico é indicado para o alívio sintomático da hiperemia e do edema conjuntival em inflamações oculares superficiais, como as causadas por conjuntivite alérgica aguda e conjuntivite não infecciosa.

- CONTRA-INDICAÇÕES

O uso de AFRIN Oftálmico está contra-indicado em pacientes com história de hipersensibilidade a qualquer um de seus componentes e em pacientes com glaucoma de ângulo estreito não tratado.



- PRECAUÇÕES

A segurança e a eficácia de AFRIN Oftálmico em crianças abaixo de 6 anos ainda não foi estabelecida.



Uso na gravidez e lactação

A segurança do uso de AFRIN Oftálmico em gestantes ainda não foi estabelecida.
Não se sabe se este fármaco é excretado no leite materno.

- REAÇÕES ADVERSAS

Foram relatadas irritação ocular e retração palpebral com o uso de AFRIN Oftálmico. Hipertensão, arritmia cardíaca e hiperglicemia podem ocorrer após a absorção sistêmica de grandes quantidades de fármacos desta classe.
POSOLOGIA

Adultos e crianças acima de 6 anos de idade: instilar uma ou duas gotas no saco conjuntival três a quatro vezes ao dia.
Geralmente, a duração do tratamento é de 7 a 10 dias. O tratamento deverá ser continuado até o desaparecimento dos sintomas; entretanto, se a irritação persistir, o diagnóstico deverá ser revisto.

- SUPERDOSAGEM

A superdosagem com AFRIN Oftálmico pode resultar em irritação ocular, secura e midríase com um possível aumento da pressão intraocular em indivíduos suscetíveis. Não existem dados disponíveis que forneçam a dose específica com a qual os sintomas e sinais acima possam ocorrer. Em caso de ingestão acidental, procure assistência médica.


NÃO PERMITA QUE A PONTA DO FRASCO TOQUE A SUPERFÍCIE DO OLHO OU QUALQUER OUTRA SUPERFÍCIE. O USO DO MESMO FRASCO POR MAIS DE UMA PESSOA PODE PROPAGAR INFECÇÃO .