Home

Remédios Suplementos e Vitaminas Vitamed  Vacinas  Para Alérgicos


Faça sua busca aqui !
Clinaire






ABCdoPRECO

PRODUTOS

Bula do Guttalax Frasco com 50 perolas gelatinosas


Dica de compra
GUTTALAX
A+ A- Alterar tamanho da letra - Composição
cada ml (= 15 gotas) contém: picossulfatosódico 7,5 mg; excipientes: metilparabeno, sorbitol a 70%, água desionizada.

- Posologia e Administração
adultos e crianças acima de 10 anos: 10 a 20 gotas (5 - 10 mg). Crianças de 4 a 10 anos: 5 a 10 gotas (2,5-5 mg). Para crianças menores de 4 anos, a dose recomendada é de 0,25 mg por quilograma de peso corporal. Guttalax deve ser tomado à noite, para produzir uma evacuação na manhã seguinte. - Superdosagem: sintomas: no caso de administração de altas doses de Guttalax podem ocorrer diarréia, espasmos abdominais e uma significante perda de potássio e outros eletrólitos. Tratamento: após ingestão recente de altas doses, a absorção pode ser minimizada ou prevenida através de lavagem gástrica ou indução de vômito. Eventualmente pode ser necessário reposição de líquidos e correção do desequilíbrio eletrolítico. Esta medida é particularmente importante nos pacientes mais idosos, assim como nos mais jovens. A administração de antiespasmódicos pode ser útil.

- Precauções
como ocorre com todos os laxativos, Guttalax não deve ser tomado diariamente, sem interrupção, durante períodos prolongados. Se houver necessidade do uso diário de laxantes, deve-se investigar a causa da constipação. O uso excessivamente prolongado pode causar um desequilíbrio eletrolítico e hipocalemia, podendo precipitar o aparecimento de uma constipação de rebote. Crianças não devem tomar Guttalax sem orientação médica. Gravidez e lactação: a ampla experiência com Guttalax não tem demonstrado efeitos indesejáveis ou prejudiciais durante a gravidez. Mesmo assim, como ocorre com todos os fármacos, Guttalax somente deverá ser administrado durante a gravidez sob estrita prescrição médica. Embora as investigações tenham demonstrado que o medicamento não passa para o leite materno, não se recomenda o uso durante a lactação. Interações medicamentosas: o uso concomitante de diuréticos ou adrenocorticosteróides pode aumentar o risco de um desequilíbrio eletrolítico, se forem utilizadas doses excessivas do produto. Um desequilíbrio eletrolítico pode levar a um aumento da sensibilidade aos glicosídeos cardíacos. O uso concomitante de antibióticos de amplo espectro pode reduzir a ação laxante do produto.

- Reações adversas
em raros casos foram relatados desconforto gastrintestinal e diarréia. A administração crônica, sobretudo de altas doses, pode causar perdas de eletrólitos, principalmente de potássio.

- Contra-Indicações
pacientes com oclusão intestinal (íleo), obstrução intestinal, quadros abdominais cirúrgicos agudos como apendicite aguda, doenças inflamatórias agudas do intestino e em casos de desidratação grave. Hipersensibilidade a substâncias do grupo triarilmetano.

- Indicações
tratamento da constipação e para facilitar a evacuação intestinal.

- Apresentação
solução oral: frasco com 20 ml.