Home

Remédios Suplementos e Vitaminas Vitamed  Vacinas  Para Alérgicos


Faça sua busca aqui !
Clinaire






ABCdoPRECO

PRODUTOS

Bula do Labirin 8 Mg Caixa com 30 comprimidos


Dica de compra
LABIRIN®
betaistina dicloridrato


- Forma Farmacêutica e Apresentações
Comprimidos de 8 mg. Caixas com 30 comprimidos.
Comprimidos de 16 mg. Caixas com 30 comprimidos.

Uso Adulto

- Indicações

Tratamento sintomático da vertigem interativa com ou sem sinais cocleares.
- Vertigens devidas a distúrbios circulatórios do ouvido interno.
- Zumbidos no ouvido e vertigens do tipo Síndrome de Meniére.

- Contra-Indicações
Reações de hipersensibilidade à droga, ou aos componentes da fórmula do produto.
Úlcera gastrointestinal ativa e feocromocitoma.

- Precauções e Advertências

Nos asmáticos a administração de LABIRIN exige um acompanhamento cuidadoso devido ao risco de ocorrer vasoconstrição. Os comprimidos devem ser administrados junto às refeições para prevenir a ocorrência de gastralgias. Os pacientes que apresentem feocromocitoma não devem ser tratados com Betaistina. Gravidez e Amamentação Não é recomendado o uso de Betaistina durante a gestação e a lactação.

- Interações Medicamentosas

Há relatos de interação medicamentosa da Betaistina com a atropina não sendo recomendado o uso simultâneo destas drogas. Pode ocorrer interação medicamentosa aditiva entre a histamina e a Betaistina.

- Reações Adversas e Alterações de Exames Laboratoriais

A boa tolerância permite o uso prolongado de Betaistina. Entretanto, foram reportadas reações adversas, sendo as mais freqüentes epigastralgia, exacerbação das úlceras pépticas, náusea, e vômito. Raramente, podem ocorrer ainda diarréia, cefaléia e sonolência.

- Posologia e Modo de Usar

A dose recomendada é de 3 comprimidos de 8 mg, (24 mg/dia), divididos em três tomadas ao dia, de preferência durante as refeições.
Em função dos resultados obtidos a dose pode ser aumentada para três comprimidos de 16 mg ou seis comprimidos de 8 mg, em doses divididas durante o dia. A dose máxima é de 48 mg/dia.
Duração do tratamento:
A duração recomendada do tratamento é de 2 a 3 meses a ser repetido de acordo com a evolução da sintomatologia. A Betaistina não é indicada para um tratamento de crises, mas para um tratamento prolongado, a ser mantido ou interrompido de acordo com a evolução da doença.
O espaçamento, a diminuição e mesmo a prevenção das crises permitem reinserção sócio-familiar do paciente.