Home

Remédios Suplementos e Vitaminas Vitamed  Vacinas  Para Alérgicos


Faça sua busca aqui !
Clinaire






ABCdoPRECO

PRODUTOS

Bula do Lopril D 50/25 Mg caixa com 30 comprimidos


Dica de compra
LOPRIL D
- Composição
cada comprimido divisível contém: captopril 50mg; hidroclorotiazida 25 mg.

- Posologia e Administração
a posologia deve ser individualizada de acordo com a resposta do paciente. Lopril-D pode ser substituído pelos componentes individuais previamente titulados. Alternativamente, a terapia pode ser instituída com meio comprimido de Lopril-D uma vez ao dia. Para os pacientes que demonstraram resposta insuficiente para a dose inicial, aumentar Lopril-D para 1 comprimido 1 vez ao dia ou adicionar captopril ou hidroclorotiazida como componentes individuais. Pelo fato de que o efeito total pode não ser atingido por 6-8 semanas, os ajustes de dosagem normalmente deverão ser feitos em intervalos de 6 semanas, a menos que a situação clínica demande um ajuste mais rápido. Em geral, as doses diárias de captopril não deverão exceder 150 mg e as de hidroclorotiazidas, 50 mg. Lopril-D deve ser ingerido 1 hora antes das refeições.

- Contra-Indicações
pacientes hipersensíveis ao captopril ou a qualquer outro inibidor da enzima conversora da angiotensina (p. ex.: um paciente que tenha apresentado angioedema durante a terapia com qualquer outro inibidor da ECA). É também contra-indicado em pacientes que tenham demonstrado hipersensibilidade prévia à hidroclorotiazida ou outras drogas derivadas da sulfonamida. A hidroclorotiazida é contra-indicada na anúria. - Gravidez e lactação: quando usados na gravidez durante o segundo e terceiro trimestres, os inibidores da ECA podem causar danos ao desenvolvimento e mesmo morte fetal. Quando a gravidez for detectada, Lopril-D deve ser descontinuado o quanto antes. O uso de inibidores da ECA durante o segundo e terceiro trimestres da gravidez tem sido associado com dano fetal e neonatal, incluindo hipotensão, hipoplasia do crânio no recém-nascido, anúria, insuficiência renal reversível ou não, e mesmo morte fetal. Tanto captopril como hidroclorotiazida são excretados no leite materno. Devido ao potencial das duas drogas para causar reações adversas graves em lactentes, deve-se decidir em descontinuar a amamentação ou o tratamento, levando-se em consideração a importância de Lopril-D para a mãe.

- Indicações
tratamento da hipertensão. Os efeitos redutores da pressão arterial de captopril e das tiazidas são aproximadamente aditivos. Esta combinação fixa de drogas pode ser utilizada como terapia inicial ou como terapia de substituição em pacientes recebendo doses individuais previamente tituladas dos seus componentes. A associação de captopril + hidroclorotiazida, por ter efeito aditivo, permite dose única diária para o controle da hipertensão. Lopril-D pode ser administrado em pacientes com função renal normal, nos quais o risco é relativamente pequeno. Em pacientes com função renal comprometida, particularmente naqueles com doença vascular do colágeno, Lopril-D deve ser reservado para pacientes hipertensos que desenvolveram efeitos colaterais inaceitáveis com outras drogas ou que não tenham respondido satisfatoriamente a outras combinações de drogas.

- Apresentação
caixas com strips de alumínio com 16 e 30 comprimidos.